Arquivo mensal: agosto 2017

Lama Tsering Everest: Introdução ao Budismo [áudio do ensinamento em inglês, com tradução]

Introdução ao Budismo – parte 1

Introdução ao Budismo – parte 2

 

Fonte: Chagdud Gonpa Odsal Ling.

Anúncios

Pergunta e Resposta

PERGUNTA: “Despertar” significa que tudo aquilo que vemos, ouvimos e saboreamos irá desaparecer?

RESPOSTA: Quando despertamos para nossa verdadeira natureza, o mundo dos fenômenos como o conhecemos não desaparece, mas nossas reações a ele se modificarão e, na mesma proporção, nosso sofrimento diminuirá. Se, em meio a um sonho aterrorizante, de repente, percebermos que estamos sonhando, apesar de o sonho necessariamente não desaparecer, o medo desaparecerá. Somos impotentes quando nos deparamos com nossas esperanças e medos, gostos e desgostos e, porque acreditamos que tudo isso é verdadeiro, somos subjugados por toda sorte de eventos. Se percebermos que o que quer que surja é ilusório, não lhe daremos validade, e aquilo não terá o mesmo poder sobre nós. Em consequência, não experimentamos tanto sofrimento.

Em vez de ficarmos presos em nossas experiências, que são como um sonho, sejam elas felizes ou tristes, precisamos enxergar além de seu caráter impermanente e ver sua essência. Conhecer essa essência é o chamado “grande conhecimento”; conhecer apenas a realidade comum e a solidez aparente das coisas é o chamado “conhecimento comum”. A diferença entre eles é como a diferença entre os dois caminhos: o caminho do sonho – de sofrimento incessante – e o grande caminho da realização. O grande conhecimento é a base para transformarmos experiência comum em realização da verdade absoluta.

– Chagdud Tulku Rinpoche, trecho extraído do livro “Portões da Prática Budista”, cap. 4.

Práticas e ensinamentos com Lama Rigdzin e Lama Yeshe, dias 26 e 27 de agosto em Florianópolis

Imagem relacionadaFoto: http://www.rigdjed.org

Com grande alegria, comunicamos que Lama Yeshe e Lama Rigdzin estarão conosco no próximo final de semana. A programação será a seguinte:

Sábado
9:00- 10:30h – Prática de Manjushri (EXIGE INICIAÇÃO – restrita para os que estão fazendo esta acumulação)

10:30 – 12:00h – Shamata*, (PRÁTICA ABERTA A TODOS)
A meditação Shamata nos ajuda a focar a mente e acalmar o fluxo de pensamentos, melhorando nossa concentração e aliviando as emoções aflitivas.

14:30h – 16:30h – Ngondro (para quem está fazendo esta prática e tem as iniciações, ou tem autorização dos Lamas ou gostaria de iniciar)

17 h – Prática regular de sábado (EXIGE INICIAÇÃO)

Domingo
14 – 17h – Ensinamentos sobre os 37 pontos da prática do Bodisatva (ABERTO A TODOS)

18 h – Ensinamentos introdutórios (ABERTO A TODOS)

19h – Prática de Tara (PRÁTICA ABERTA A TODOS)

Contribuição:
Final de semana completo: R$ 80,00 reais (R$ 70,00 para quem faz contribuição mensal regular)
Somente sábado ou domingo: R$ 40,00 reais

Fonte: http://www.budismofloripa.com.br/

Transmissão da Prática de Tara Vermelha ao Vivo de São Paulo

https://budismoemblumenau.files.wordpress.com/2017/08/c4997-res_taravermelha.jpg

Prática de Tara Vermelha ao vivo com Lama Norbu

Terça-feira, 20h


A sangha de SP sempre se reuniu nas noites de terça-feira para fazer a prática de Tara concisa em português.

Vamos manter essa tradição, agora com transmissão ao vivo pela Internet, para que todos possam participar, onde quer que estejam.

Nesta terça (15/8), teremos a presença de Lama Norbu.

Participe clicando aqui!

Celebração do Aniversário de Chagdud Rinpoche

No dia 12 de agosto, Chagdud Tulku Rinpoche completaria 87 anos, mas ao invés disso, ele deixou seu corpo em um resplendor de atividade e luz aos 72 anos de idade. O ímpeto de sua motivação compassiva e de sua sabedoria segue radiante e influenciando o coração e a mente de incontáveis seres. Para todos nós, que recebemos a incumbência de praticar seus ensinamentos e manter as atividades de sua vida passada, este é um momento de regozijo por nossa boa fortuna e de fortalecimento de nossa devoção.

Podemos celebrar nossa conexão com o Rinpoche neste dia auspicioso por meio de duas formas principais: oferenda de lamparinas e salvamento de vidas. Nossas oferendas serão dedicadas ao bem-estar da encarnação do Rinpoche (Chagdud Yangsi); ele tem doze anos e está sendo treinado no Tibete por seus tutores e orientado pelo mestre infalível, Khenpo Ngagchung. Pelo poder de nossas aspirações, que o Yangsi possa dar uma volta completa e retornar à América do Sul.

Acenderemos as lamparinas na manhã do dia 12 de agosto. Você pode participar oferecendo lamparinas até às 17h do dia 11, sexta-feira.

Ofereça lamparinas clicando aqui.